Junho é o mês do Orgulho LGBTQ+, uma altura para celebrar os direitos conquistados e também para continuar a lutar por aquilo que falta ser alcançado. O Espalha-Factos traz-te nove sugestões de séries divertidas, mas por vezes sérias, para assinalar este momento.

The L Word

 A série acompanha as histórias de Jenny, Shane, Alice, Dana, Tina, Beth e Helana. O grupo de amigas vive em Los Angeles e juntas irão passar por várias experiências de vida. A série, que estreou em 2004, relatou e mostrou ao público durante seis temporadas a realidade das relações homossexuais, as dificuldades de uma pessoa trans e a descoberta da sexualidade. São abordados temas importantes e relevantes que ajudam a compreender que as bases das relações são praticamente universais, e onde o amor continua a ser o ingrediente fundamental. Tem algum drama, mas também muitos momentos de humor que fazem da série altamente viciante. A série regressou em 2019, com o nome de The L Word — Generation Q, com três das personagens iniciais. 

Broad City

Criada e protagonizada por Abbi Jacobson e Ilana Glazer, Broad City conta com uma narrativa muito própria para apresentar a história das duas protagonistas, Abbi e Ilana. A sitcom, ambientada na cidade de Nova Iorque, pinta a sexualidade de forma positiva e vale-se da fluidez sexual inerente às duas amigas para, através do humor, apresentar à sua audiência mensagens de cariz queer e feminista.

When We Rise

When We Rise

Baseado no livro de memórias do ativista de direitos LGBT Cleve Jones, When We Rise: My Life in the Movement, a mini-série retrata a luta do movimento e as batalhas dos seus ativistas. Escrita por Dustin Lance Black (Milk), When We Rise junta Guy Pearce/Austin P. McKenzie (Cleve Jones) a Marie-Louise Parker/Emily Skeggs (Roma Guy), Rosie O’Donnel e Whoopi Goldberg. 

Orange is the New Black

OITNB_501_Unit_00162_RCréditos da Foto: Jared Harrell/Netflix

Vencedora de vários prémios, a série da Netflix foca-se na história de Piper, uma mulher branca recém chegada a uma prisão nos Estados Unidos. Ao longo de sete temporadas, Orange is the New Black aborda vários assuntos contemporâneos. Um deles é a causa LGBT. Laverne Cox interpreta Sophia Burset, uma mulher trans que vai ter que lidar com o facto de ser transsexual num sistema prisional que não está preparado para tal. 

Histórias de São Francisco (Tales of the City)

Histórias de São Francisco, baseada na coleção de livros com o mesmo nome, da autoria de Armistead Maupin, tem uma narrativa centrada em Mary Ann (Laura Linney) e no regresso dela, 20 anos depois, à casa onde deixou os seus antigos companheiros. Uma casa que, além de velhos amigos, tem novos residentes, e retrata a diversidade da cidade e as vidas agitadas dos residentes, maioritariamente queer, daquela alegre residência em Barbary Lane. Opção de binge-watching perfeita para colorir as nossas vidas. 

Please Like Me

A série de comédia australiana narra a história de autodescoberta de Josh (Josh Thomas), confrontado, pela primeira vez, com os vários desafios inerentes à idade adulta. A narrativa foca-se na descoberta da homossexulidade do protagonista e na procura pela aceitação da sua família e amigos. Num excelente balanço entre o cómico e comovente, Please Like Me ensina-nos a celebrar a vida junto daqueles que amamos — a peça chave para encontrar humor nos momentos mais negros. Josh Thomas escreveu e protagonizou a série que conheceu o seu término em meados de 2016. Todas as temporadas estão disponíveis na Netflix, encapsulando, em curtos episódios, problemáticas recorrentes na comunidade LGBT. 

Veja também

Quer o Destino TVI

Queer Eye

Ouve também os episódios especiais do Fita Isoladora com sugestões dedicadas ao Pride Month:

Sugestões de Carolina Correia, Daniel Bento, Débora Felicidade, Matilde Dias, Pedro Miguel Coelho e Pedro Terrantez.

Load More Related Articles
Load More By - redação
Load More In Séries
Comments are closed.

Check Also

Funsat de Campo Grande – MS informa novas oportunidades de Emprego

A Fundação Social do Trabalho (Funsat) de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, anuncia a aber…