Fiscais atuaram em estações do BRT, pontos de linhas regulares e garagem Foto Divulgação SMTR / Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Transportes, registrou 237 irregularidades nos serviços de ônibus, durante as ações desta semana, que resultaram na mesma quantidade de multas aos operadores.

Os fiscais atuaram em diversos pontos da cidade, como terminais e estações do BRT de maior movimento, além de pontos de linhas regulares e garagem de ônibus. Equipes também inspecionaram linhas que receberam reclamações acerca de inoperância e intervalos acima do permitido entre os coletivos.

Somente ao BRT, foram registradas 113 multas nas fiscalizações nos terminais da Alvorada e Santa Cruz, e nas estações Mato Alto, Pingo D´água e Madureira, principalmente por lotação indevida e intervalo irregular. Outras 45 autuações foram destinadas a linhas de ônibus convencionais por má conservação, circulação com número inferior de veículos e inoperância.

– A participação da população é de suma importância neste processo, já que as inconformidades registradas são tratadas pontualmente, direcionando as ações de fiscalização para que as medidas cabíveis sejam tomadas – destacou o secretário municipal de Transportes, Paulo Jobim, sobre o canal direto dos passageiros com a SMTR. As mensagens, com sugestões e reclamações sobre os serviços dos ônibus convencionais ou do BRT, devem ser enviadas para o Whatsapp: 98909-3717.

Entre as linhas denunciadas por redução de frota ou inoperância ao longo da semana, e que foram autuadas, estavam a 301, 350, 410, 461, 583 e 942. A secretaria seguirá monitorando rigorosamente os serviços, cobrando para que os consórcios cumpram suas obrigações contratuais e não causem prejuízo à população por deixar de operar linhas sem autorização.

Na madrugada da última quinta-feira (30), equipes da secretaria estiveram na garagem da Paranapuan, na Ilha do Governador, para inspecionar as condições da frota. Diferentes irregularidades foram flagradas, como falta de vistoria, selo de dedetização vencido e para-brisas trincado. Na garagem, 63 multas foram aplicadas a ônibus convencionais e 16 a coletivos do sistema BRT.

– Os fiscais estão atuando incansavelmente para inspecionar se os serviços estão sendo oferecidos dentro dos padrões, além de orientar a população sobre as importantes medidas de combate à Covid-19 no transporte público. Junto a esse esforço, esperamos uma atuação responsável por parte dos operadores e conscientização da população, pois serão de grande valia para a superação da pandemia -, concluiu o subsecretário de Transportes, Allan Borges.

Mais

Notícias

Load More Related Articles
Load More By - redação
Load More In Rio de Janeiro
Comments are closed.

Check Also

Relatório mostra falhas no combate ao tráfico de animais silvestres

(foto: Ivo Lima/Ministério do Esporte) Um relatório divulgado pela organização não governa…