Connect with us

Curitiba

Profissionais de enfermagem de Curitiba usam preto em protesto contra redução de salários

Artigo

em

Profissionais de enfermagem da rede municipal de saúde de Curitiba decidiram usar roupas pretas em protesto contra a decisão da prefeitura de suspender o reajuste de 3,14% concedidos em novembro de 2020. A prefeitura alega que uma decisão do Supremo Tribunal Federal considerou que os estados e municípios estão proibidos de reajustar os salários do funcionalismo até 31 de dezembro de 2021, até o final do estado de calamidade pública por causa da pandemia da Covid-19. 

“Enquanto o mundo todo está valorizando a enfermagem, com aumento nos salários, gratificações que vão de 40% até 100% sobre os salários, o prefeito, munícipe, Rafael Greca de Macedo, vai na contra mão das valorizações. Alegando orientação do STF, o mandatário retirou 3.14% da reposição salarial, mera correção inflacionar, que havia concedido aos servidores municipais’, afirmam os profissionais em texto divulgado hoje. “Fato é que , nenhum outro estado ou município do Brasil, acatou a decisão da corte suprema, seguindo o bom senso, pois a categoria de enfermagem é a que mais está sofrendo e morrendo diante da pandemia de covid 19 que assola o mundo. Bom senso, respeito e valorização à enfermagem, não fazem parte da pauta do Sr. Greca desde o início da sua primeira gestão”, criticam eles. 

LEIA TAMBÉM

No último dia 15, a prefeitura anunciou que por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu o valor correspondente à reposição da inflação de 3,14% concedida em novembro do ano passado. A medida será aplicada a partir deste mês e afetará os salários dos servidores municipais, empregados públicos, contratados em regime especial (processo seletivo simplificado – PSS), além dos proventos de aposentadoria e pensões. Os valores pagos desde novembro de 2020 não terão que ser devolvidos pelos servidores, aposentados e pensionistas ao Município.

Na data-base de 2020 (31/10), a Prefeitura de Curitiba concedeu a reposição, que correspondeu à inflação do período de outubro de 2019 a setembro de 2020, segundo o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo). À época, a decisão foi tomada com os mesmos fundamentos da orientação do Tribunal de Contas do Paraná a todos os municípios do Estado.

Mas em agosto deste ano, o ministro Alexandre de Moraes cassou decisões do TCE-PR que permitiram a revisão anual da remuneração dos servidores públicos durante o estado de calamidade pública decorrente da pandemia de covid-19, até 31/12/2021. O relator julgou procedente a reclamação ajuizada pelo município de Paranavaí (Noroeste), alega o Executivo.

No entendimento do ministro, o julgamento de duas ações diretas de inconstitucionalidade respalda a decisão. Em março deste ano, o plenário do STF julgou constitucional dispositivo da Lei Complementar (LC) 173/2020, que trata do Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus, que proíbe os entes federados de conceder aumento ou reajustes a servidores públicos até 31/12/2021.

PUBLICIDADE

Curitiba

Homem é arrastado e morto ao sair de igreja em Curitiba

Artigo

em

Por

Um homem de 28 anos foi assassinado após sair da igreja na noite desse domingo (24/10), no bairro Santa Cândida, em Curitiba. O crime aconteceu na Rua Celeste Paschoal Milani.

Segundo apurou a reportagem da Banda B, o rapaz entrava no carro para ir embora após o culto na igreja quando dois ou três homens (não há confirmação do número) o abordaram, o arrastaram por 50 metros e o atingiram com três tiros. Quando o socorro chegou, a vítima já estava sem vida.

LEIA TAMBÉM

Leia a íntegra do texto no portal Banda B, parceiro do Metrópoles.

Continue lendo

Curitiba

Metallica confirma show em Curitiba e mais cidades em maio

Artigo

em

Por

Fãs do Metallica tiveram uma boa notícia, nesta segunda-feira (25). A banda confirmou sua turnê pela América do Sul e Curitiba está no calendário para o dia 7 de maio de 2022. O show já foi adiado diversas vezes por causa da pandemia de covid-19.

As apresentações, inicialmente marcadas para abril de 2020, já haviam sido remarcadas para dezembro daquele ano. Em Curitiba, o show tinha sido reagendado em março, para ocorrer no dia 16 de dezembro, no estádio Couto Pereira.

LEIA TAMBÉM

Além de Curitiba a banda confirmou shows em Porto Alegre, no dia 5 de maio, São Paulo, 10 de maio, e Belo Horizonte, no dia 12 de maio. Além do Brasil, a turnê terá shows em Santiago, no Chile, e em Buenos Aires, na Argentina, no mês de abril.

“Para aqueles que estiveram conosco nos últimos 18 meses, desde que os shows originais deveriam acontecer, obrigado por sua tremenda paciência! Nós realmente não podemos esperar para finalmente visitar a América do Sul pela primeira vez em quase cinco anos, com a retomada de seis shows originalmente planejados, incluindo duas cidades brasileiras em que nunca tocamos: Belo Horizonte e Curitiba“, disse a banda.

Tempos difíceis

Em uma mensagem aos fãs, a banda desejou tempos melhores para todos. “Nós desejamos a vocês, seus familiares e a todos que amam, uma boa saúde para que nós possamos virar essa página para um novo capitulo deste tempo difícil. Nós não podemos esperar para passar um tempo com a nossa extensa família Metallica no próximo ano”, disseram os músicos.

Web Stories

Novidades!

Veja o que chega na Netflix nesta semana

Conhece?

Bosques de Curitiba são ótimas opções de passeios

Tragédia

Conheça 5 acidentes que aconteceram dentro de um set de filmagens

6 boas dicas!

Quer emagrecer de graça em Curitiba? É possível!

Continue lendo

Curitiba

Trio armado rouba carros de professoras ao lado de escola em Curitiba

Artigo

em

Por

Duas professoras do Colégio Municipal Irati, no bairro Cajuru, em Curitiba, tiveram seus veículos roubados na manhã desta segunda-feira (25). Três homens, sendo que um deles armado com um revólver, deram voz de assalto nas imediações do colégio. As vitimas não foram feridas, mas ficaram abaladas emocionalmente.

+Viu essa? Uso de máscaras no Paraná pode ser flexibilizado no Verão, avalia Beto Preto

LEIA TAMBÉM

Segundo a Guarda Municipal (GM), que foi chamada para atender a ocorrência, as professoras estavam chegando ao trabalho perto das 8h da manhã e se preparavam para estacionar os carros em uma rua que fica atrás da escola localizada na Avenida Jornalista Aderbal Gaertner Stresser. Ao pararem os veículos, foram ameaças e roubadas na sequencia.

+Viu essa? Curitibano fatura R$ 250 mil mensais com negócio pra apaixonados por carros

E aí, Guarda Municipal?

Em nota, A GM reforçou que o trabalho dos agentes continua em toda a região na busca dos veículos e na tentativa de prender os responsáveis pelo assalto. “O Núcleo Regional da Guarda Municipal do Cajuru fez as devidas orientações e além de rondas nas imediações e nas saídas do bairro. Ao longo de todo o dia, o patrulhamento vai ser reforçado nas proximidades’, relatou a nota.

As professoras foram liberadas pelo Núcleo de Educação do Cajuru para prestar depoimentos e registrar boletim de ocorrência.

Web Stories

Novidades!

Veja o que chega na Netflix nesta semana

Conhece?

Bosques de Curitiba são ótimas opções de passeios

Tragédia

Conheça 5 acidentes que aconteceram dentro de um set de filmagens

6 boas dicas!

Quer emagrecer de graça em Curitiba? É possível!

Continue lendo
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

TAGS

+ VISTOS

Copyright © 2021 powered by NH TV.