Connect with us

Curitiba

Curitiba decide se autoriza mais flexibilizações nesta quarta (14)

Artigo

em

Curitiba decide nesta quarta se autoriza mais flexibilizações na bandeira amarela

| Foto: Gerson Klaina/Tribuna do Paraná

O Comitê de Enfrentamento da Pandemia da prefeitura se reúne na tarde dessa quarta-feira (15) para avaliar o quadro epidemiológico da Covid-19 em Curitiba. A capital seguirá na bandeira amarela, de alerta, porém, será avaliada a possibilidade de flexibilização de mais atividades conforme os índices de contaminação, mortes e, principalmente, ocupação dos leitos exclusivos do coronavírus.

LEIA TAMBÉM

A medição mais recente indica que a taxa RT, que mede a transmissão do coronavírus, segue abaixo de 1 em Curitiba, quadro considerado de desaceleração da pandemia. O índice de quarta-feira passada é de 0,84, ou seja, um grupo de 100 pessoas pode transmitir a doença a outras 84. O índice anterior estava em 0,86.

O número de casos ativos também vem caindo, mas ainda segue muito alto, com 6.397 pessoas infectadas terça-feira (14). Sábado (11), Curitiba voltou à ficar abaixo de 7 mil pessoas infectadas capazes de transmitir o vírus, com 6.958 casos ativos. Há quase um mês, desde 16 de agosto, a capital não tinha menos de 7 mil casos ativos. A média móvel de casos ativos nos últimos sete dias caiu 20,1%.

Já os novos casos diários caíram para menos de 400 no boletim epidemiológico de terça-feira, com 345 registros. A média móvel dos últimos sete dias ficou em 461 casos, queda de 40,2%. A média móvel de mortes por Covid-19 também caiu no boletim de terça, ficando em 12 óbitos em sete dias. A redução foi de 27,7%.

Nessa semana, Curitiba ultrapassou a marca de mais da metade da população adulta já completamente imunizada da Covid-19. Até terça-feira, 769.310 pessoas já estavam vacinadas com duas doses ou com o imunizante de dose única, totalizando 53% dos curitibanos acima dos 18 anos.

Ainda terça-feira, o governo do Paraná anunciou o fim do toque de recolher e a liberação de eventos com até mil pessoas em todo o estado diante da melhoria do quadro epidemiológico. O decreto estadual será reavaliado dia 1º de outubro.

PUBLICIDADE

Curitiba

Curitiba e região metropolitana devem ter pancadas de chuva à tarde

Artigo

em

Por

Segundo informações do Simepar, Curitiba e região metropolitana devem ter um dia com tempo nublado e pancadas de chuvas isoladas no período da tarde deste sábado. De acordo com o órgão, as chuvas podem vir acompanhadas de raios. A temperatura máxima deve ficar em 26º C. A mínima foi de 14º C.

Nas demais regiões do Estado, presença de sol com algumas nuvens no céu. Em relação às temperaturas, tendência de elevação e calor mais intenso especialmente na faixa norte paranaense.

LEIA TAMBÉM

No domingo não são previstas alterações significativas nas condições do tempo sobre o Paraná. Alguma variação de nebulosidade ainda ocorre, principalmente sobre os setores mais ao sul e leste do Estado. Segue também a tendência para pancadas de chuva e raios isolados no período da tarde, principalmente na “metade sul” paranaense.

Continue lendo

Curitiba

Shopping e prefeitura arrecadam alimentos e roupas neste sábado (18), em Curitiba

Artigo

em

Por

LEIA TAMBÉM

Campanha busca doação de alimentos e roupas. — Foto: Divulgação/SMCS

A campanha “Doe Solidariedade”, realizada pelo Shopping Curitiba em parceria com a prefeitura da capital, ocorre neste sábado (18), das 9h às 15h, em sistema drive-thru na Rua Brigadeiro Franco, número 2.300, no Centro.

Serão coletados alimentos não-perecíveis e roupas destinados a 34 mil famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social e, também, a pessoas em situação de rua que são atendidas pela Fundação Social de Curitiba (FAS).

Esta será a segunda edição da campanha. Na primeira, foram arrecadados mais de 200 quilos de alimentos e 1 mil peças de roupas.

G1 PR: vídeos mais assistidos

Continue lendo

Curitiba

Exposição de ‘Os Gêmeos’ no MON, em Curitiba, começa neste sábado (18)

Artigo

em

Por

LEIA TAMBÉM

Exposição dos artistas Os Gêmeos no MON. — Foto: José Fernando Ogura/AEN

O Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba, abre, neste sábado (18), a exposição “OSGEMEOS: Segredos”, dos irmãos Gustavo e Otávio Pandolfo.

Por conta da pandemia do coronavírus, as visitas à exposição terão dia e horário marcados. Os ingressos podem ser adquiridos online, por meio do site do MON, e dá direito também a visitar as demais exposições em cartaz no Museu.

A exposição conta a trajetória da dupla, famosa pelos grafites urbanos. As obras ficam expostas por seis meses, até abril de 2022.

O público poderá ver mais de 850 itens, entre pinturas, instalações imersivas e sonoras, esculturas, intervenções site specific, desenhos e cadernos de anotações dos artistas.

O visitante começa o tour pela exposição pelo subsolo da torre do Olho e acompanha a evolução do traço em cada um dos andares até alcançar as características dos personagens mais marcantes no Olho do MON.

Para promover a exposição, a dupla fez uma obra temporária na fachada do museu. A intervenção, no entanto, foi criticada por Paulo Niemeyer, bisneto do arquiteto que dá o nome ao museu.

Os Gêmeos foram convidados pela direção do MON para fazer a intervenção na fachada do Museu. — Foto: José Fernando Ogura/AEN

Em uma postagem nas redes sociais, Paulo disse que a obra do bisavô, que fez o projeto do museu, foi desrespeitada.

Na época, o MON informou que a obra foi encomendada pela direção e foi autorizada pela Fundação Oscar Niemeyer, órgão que cuida do patrimônio cultural do estado. Depois da polêmica, a Fundação parabenizou os artistas nas redes sociais, rebatendo as críticas do bisneto do arquiteto.

Os artistas

A dupla é formada pelos irmãos Gustavo e Otávio Pandolfo. — Foto: Reprodução/RPC

A dupla é mundialmente famosa pelo traço e estilo singular. De acordo com os artistas, a obra tem influência da cultura hip hop, da dança, da música, do muralismo e da cultura popular.

Os Gêmeos costumam criar obras em espaços urbanos. Foram realizadas intervenções em mais de 60 países, incluindo Suécia, Alemanha, Portugal, Austrália, Cuba e Estados Unidos.

A dupla já participou de mostras nas principais instituições internacionais, como o Hamburger Bahnhof, em Berlim, em 2019, com um projeto em parceria com Flying Steps, grupo berlinense de breakdance; a Vancouver Biennale, Canadá, em 2014; o Moca – Museum of Contemporary Art, em Los Angeles, em 2011; o MOT – Museum of Contemporary Art Tokyo, em Tóquio, Japão em 2008; a Tate Modern, em Londres, Reino Unido, em 2008, onde os artistas pintaram a fachada; e a Trienale de Milão (2006), entre tantos outros.

Exposição fica em cartaz até abril de 2022. — Foto: José Fernando Ogura/AEN

VÍDEOS: mais assistidos do G1 PR nos últimos 7 dias

Continue lendo
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

TAGS

+ VISTOS

Copyright © 2021 powered by NH TV.