Home Entretenimento Conheça Oxa, a brasileira que está participando do The Voice Alemanha

Conheça Oxa, a brasileira que está participando do The Voice Alemanha

16 min read
0
Quer receber as principais notícias do NH TV pelo Facebook Messenger? Inscreva-se agora.

A nova temporada do The Voice da Alemanha começa nesta quarta-feira (11/09/2019). E, neste ano, o programa contará com uma participação especial: a brasileira Oxa. A artista, aos 29 anos, não se define como homem ou mulher, mas sim, como gender fluid (gênero fluído). E, direto da Alemanha, em entrevista feita via FaceTime, Oxa explicou que a escolha de seu nome artístico surgiu após a chegada ao país europeu.

“Eu escolhi Oxa porque dei um nome à minha orientação sexual. Oxa vem de Oxalá. Eu me considero um espírito artístico. A letra ‘o’ significa tudo ao masculino, e aletra ‘a’, tudo que pertence ao feminino. E o “x” seria meu espírito exercendo as duas forças na minha aula”, traduziu.

A brasileira iniciou sua carreira no interior de São Paulo e, atualmente, mora na Alemanha, onde faz vários trabalhos profissionais. Oxa é uma artista completa: dança, canta e interpreta. A bailarina já participou do programa Se Ela Dança, Eu Danço, no SBT, e do Q´Viva, criado pela Jennifer Lopez e transmitido na RecordTV. Além disso, se apresentou em musicais da Disney no Brasil e na Europa. Em entrevista ao Metrópoles, Oxa contou um pouco mais da sua trajetória.

O começo de tudo

Do interior de São Paulo para o mundo. Oxa nasceu em Taquarituba, um município com pouco mais de 20 mil habitantes. Desce cedo demonstrando talento, a artista começou sua carreira aos seis anos de idade, quando venceu o seu primeiro campeonato de dança de salão ao lado de sua avó. Tempo depois, aos 11 anos, entrou para a FanFarra Municipal de sua cidade. 

Treinando por cerca de seis anos na banda de sua cidade, Oxa se tornou a primeira bailarina e baliza a vencer um campeonato como homem, aos 14 anos. Foi então que surgiu o convite para participar do grupo de teatro Gruta Dionísios. Dois anos depois, aos 16, Oxa se mostrou no festival de dança Mapa Cultura. Então, recebeu outro convite especial: participar da Companhia de Dança Faces Ocultas, em Salto de Itu, São Paulo. 

A carreira profissional se inicia 

Após alguns anos na companhia de dança, Oxa se inscreveu para participar do Se Ela Dança, Eu Danço, do SBT. A bailarina gravou um vídeo performando e foi selecionada. Dentro da competição, Oxa conseguiu ser uma das grandes finalistas, ficando com o 2º lugar. 

Com seu nome repercutindo no Brasil, Oxa então se inscreveu para participar do Q´Viva, da RecordTV. O programa foi uma competição criada por nada mais nada menos que Jennifer Lopez. A intenção da cantora ela conseguir um dançarino de cada país da América Latina e, com isso, fazer uma apresentação em Los Angeles, nos Estados Unidos, reunindo todos os campeões. 

O Q´Viva foi transmitido pelo programa O Melhor Do Brasil, da RecordTV, na época comandado por Rodrigo Faro. Na ocasião, Oxa conseguiu se destacar entre os demais candidatos, levando o 1º lugar e realizando um dos maiores momentos de sua carreira: dançar com Jennifer Lopez. “Foi algo mágico e inexplicável. Eu só conseguia chorar. Foi tudo surreal. Eu nem estava acreditando naquilo. Até hoje me emociono quando lembro”, contou Oxa. 

RecordTV não cumpre o prometido 

Como nem tudo são Flores, Oxa se sentiu enganada pela produção do programa. Em entrevista ao Metrópoles, a brasileira esclareceu os motivos. “Quando me inscrevi para o programa, o Rodrigo Faro vivia dizendo que o vencedor iria ser o dançarino de Jennifer Lopez. Não aconteceu. O vencedor do quadro, na verdade, iria apenas fazer uma breve apresentação ao lado de Jennifer. Quando cheguei lá e vi que não era tudo tão mágico, eu acabei desenvolvendo uma depressão. Há uma diferença enorme em você falar para um artista, em início de carreira, que vai ser dançarino da Jennifer Lopez, quando na verdade vai fazer uma apresentação”, declarou Oxa. 

Reprodução

A bailarina deixou claro que a RecorTV a ajudou em tudo, porém, houve uma falha na comunicação. “Rodrigo Faro se expressou mal. Ele deveria ter deixado claro que era uma participação ao lado de Jennifer, e não um contrato para ser dançarino dela. Mas a RecordTV me ajudou com a questão do passaporte, dinheiro de ida e tudo mais. Porém, após vencer o programa, Rodrigo me disse que iria uma equipe comigo para Los Angeles, e isso também não ocorreu”, desabafou Oxa. 

Ela ainda foi para os Estados Unidos sem instrução alguma. “Eu fui sozinha. Não sabia inglês, nem nada. A equipe da Jennifer sequer sabia quem eu era. Estava tudo superficial. Mas, graças a Deus, consegui falar com o pessoal do Q´Viva, e eles me deram todo o suporte necessário. Fiquei em um dos melhores hotéis e fiz um curso de uns três meses em Los Angeles. E, claro, o principal, subi ao palco, mesmo por 30 segundos, com Jennifer Lopez. Dancei um samba, porque ela disse que amava meu samba. Foi um momento mágico e único. Ela estava a dois palmos de mim”, contou. 

O retorno ao Brasil e o início da carreira internacional 

Durante o período nos Estados Unidos, Oxa estava procurando trabalho. Com isso, decidiu se inscrever para o musical do Rei Leão, que seria exibido em São Paulo. Após retornar de Los Angeles, duas semanas depois,  a paulista estava nas audições do espetáculo. 

“No final de 2015, após finalizar sua participação, surgiu o convite para uma outra audição da Disney, dessa vez na Alemanha. Me inscrevi e viajei até Stuttgart para me apresentar. Lá, fiz alguns testes e consegui ser aprovada. Então, fechei um contrato de seis meses no espetáculo Tarzan – O Musical”. 

Reprodução / Arquivo PessoalOxa durante Tarzan, O Musical

Ao longo dos meses, a brasileira cresceu profissionalmente e estudou diariamente a língua alemã. Se destacando entre os demais, Oxa recebeu a proposta de seguir no mesmo espetáculo por mais seis meses. Mas, dessa vez, como bailarina e cantora, tendo o papel principal da atração. Após um ano no país, Oxa já estava com a língua mais afiada. Isso fez com que ela decidisse investir em sua carreira musical, gravando músicas profissionalmente. Oxa iniciou 2019 se inscrevendo no The Voice da Alemanha. Foi aprovada mais uma vez e começou a se apresentar na pré-fase do programa.

A brasileira conseguiu ser aprovada na etapa e então partiu para as audições às cegas, nas quais os jurados ficam nas cadeiras, de costas para os artistas. Ela cantou em agosto, mas não revelou se seguirá no show. O programa vai ao ar no dia 11 de setembro e pode ser visto online. 

“Foi um dos momentos mais inéditos da minha vida. Eu fiquei sem acreditar, porque fiz a minha inscrição sem ter muita pretensão de entrar no The Voice. Quando  fui chamada, fiquei perplexa. Foi incrível e espero que dê tudo certo”, relatou Oxa.  A brasileira, em seu Instagram, divulgou um teaser de seu momento em que cantou. 

Load More Related Articles
Load More By - redação
Load More In Entretenimento
Comments are closed.

Check Also

10 heróis de Marvel e DC que deviam ganhar séries – mas são caros demais

Nunca foi um momento melhor para ser fã de super-heróis de Marvel e DC. Não apenas existem…