Uma mulher de 32 anos foi confirmada como uma das quatro vítimas pela Covid-19, nesta segunda-feira (27), em Jundiaí. Ela estava grávida e deu entrada no Hospital Pitangueiras – onde trabalhava como auxiliar de farmácia – no dia 10 de junho. A doença se agravou e ela faleceu na última sexta-feira (24) ao dar à luz. O bebê nasceu saudável, mas a mãe não sobreviveu ao parto.

Segundo informações apuradas pelo Tribuna de Jundiaí, ela era auxiliar de farmácia do Hospital Pitangueiras, do Grupo Sobam, mas trabalhava no setor administrativo. O hospital foi procurado, mas a assessoria de imprensa não se pronunciou sobre o caso.

O caso é parecido de Patrícia Beatriz Albuquerque, de 38 anos, que morreu na noite de sábado (25), em Goiás. Ela deu à luz a filha Ana Beatriz Albuquerque Correa Porto no dia 23 de junho, mas não chegou a conhecer a filha, pois estava em tratamento contra o coronavírus.

Ao todo, o município contabiliza 291 óbitos positivos para Covid-19 desde o início da pandemia.

Informações dos demais pacientes:

Homem, 65 anos, sem comorbidades registradas. Foi internado no dia 04/07 no Hospital São Vicente de Paulo (HSV) e óbito registrado nesta segunda-feira (27/07), já positivo para COVID-19.

Homem, 85 anos, diabético, portador de doença cardiovascular crônica e neoplasia. Foi internado no Hospital São Vicente de Paulo (HSV) no dia 24/07 e óbito registrado no dia 25/07, ainda suspeito. A confirmação para COVID-19 foi recebida nesta segunda-feira (27/07). no São Vicente.

Mulher, 82 anos, portadora de doença cardiovascular crônica. Foi internada em hospital particular no dia 23/07 e óbito registrado no dia 24/07, ainda suspeito. A confirmação para COVID-19 foi recebida nesta segunda-feira (27/07).

Leia também:

Load More Related Articles
Load More By - redação
Load More In Destaque
Comments are closed.

Check Also

Vagas de EMPREGO no PAT de Espírito Santo do Pinhal SP

As vagas destinadas estão sujeitas a alterações e podem ser preenchidas ou alteradas a qua…