Connect with us

Presidente Prudente

Artigos de limpeza tem inflação de 8,44% e preço médio da cesta básica chega a R$ 870 em Presidente Prudente

Artigo

em

LEIA TAMBÉM

Pesquisa de preços foi realizada em seis supermercados de Presidente Prudente, IPT — Foto: Toledo Prudente

O 11º Índice de Preços Toledo (IPT), produzido pela Empresa Júnior da Toledo Prudente, indica uma inflação de 4% no preço da cesta básica. O consumidor que gastava R$ 870,93, para compra da cesta básica do IPT, agora, gasta em média, R$ 905,76. A pesquisa foi realizada em seis supermercados de Presidente Prudente (SP), nesta sexta-feira (17).

O grupo de artigos de limpeza apresentou uma inflação de 8,44%, com destaque para o sabão em pó (1kg), com alta de 22,15% e água sanitária (1 litro), com aumento de 13,64%.

Seguindo a tendência de alta, o grupo de alimentos apresentou uma inflação de 3,98%, com destaque para o tomate (kg), com aumento de 45,56% e a batata (kg), que apresentou uma elevação de 41,36%.

O grupo de higiene pessoal apresentou uma inflação de 1,55%, com destaque para o shampoo (340-350ml), com alta de 14,55% e para o creme dental (90g), com aumento de 13,72%.

Devido às promoções, variedades e disponibilidade de produtos nos estabelecimentos, alguns artigos apresentaram uma considerável diferença de preços entre os locais pesquisados, como o desinfetante (500ml), que variou entre R$ 2,89 e R$ 6,49, resultando em uma diferença de 124,57% e a linguiça fresca (kg), que variou entre R$ 13,99 e R$ 21,59, com uma diferença de 54,32%.

A concorrência entre os supermercados dá ao consumidor a oportunidade de economizar até 44%, pois, comprando uma unidade de cada produto pelo maior preço, ele gastaria R$ 401,94. Já se a sua compra fosse feita pelo menor preço de cada produto, o total gasto seria de R$ 279,96, economizando assim o valor de R$ 121,98.

VÍDEOS: Tudo sobre a região de Presidente Prudente

Continue lendo
PUBLICIDADE

Presidente Prudente

Prefeitura e Câmara articulam projeto para retomar basquete federado em Prudente

Artigo

em

Por

Sexta-feira, 26 de Novembro de 2021

Prefeitura e Câmara articulam projeto para retomar basquete federado em Prudente

LEIA TAMBÉM

A Prefeitura e a Câmara de Presidente Prudente estão articulando um projeto de retomada do time de basquete federado, categoria A1, por meio da Secretaria Municipal de Esporte (Semepp). Na tarde desta quinta-feira (25/11), o prefeito Ed Thomas, o vice-prefeito Izaque Silva, o presidente da Câmara Demerson Dias, o secretário Municipal da Semepp, André Domingos, o coordenador de esportes da Semepp, Rodrigo Araújo, o assessor especial, Clayton Santos, e o vereador Professor Negativo se reuniram para tratativas relacionadas ao assunto.

O projeto tem por objetivo resgatar o esporte amador federado, além da busca por novos talentos, com destaque para o basquete, considerando a tradição de Presidente Prudente nesta modalidade, que já contou com profissionais consagrados, como Hortência, que jogou pela Prudentina nos anos de 1980 e conquistou dois campeonatos sul-americanos de clubes, além de títulos regionais e estaduais.

De acordo com Professor Negativo, o atual time de basquete que representa o município já conta com bons jogadores e potencial para a disputa do campeonato organizado pela federação, previsto para ser realizado em março de 2022.

Para que o projeto seja concretizado, os poderes Legislativo e Executivo buscarão parcerias e patrocínios. “Tenho certeza que será mais um projeto abraçado pela sociedade, com boas parcerias, como tem sido desde o início da nossa gestão, pois ninguém faz nada sozinho. Esse projeto é o resgate de uma história.”, declarou o prefeito.

Fonte: Secretaria de Comunicação

Galeria de Fotos

Autor: Cedida
Autor: Cedida
Autor: Cedida
Autor: Cedida

Outras notícias

Continue lendo

Presidente Prudente

Perseguição policial descobre organização criminosa envolvida com roubos de caminhões e liberta vítimas de cárcere priva…

Artigo

em

Por

LEIA TAMBÉM

Caminhão roubado foi apreendido pela Polícia Rodoviária — Foto: Bruna Bachega/TV Fronteira

Uma perseguição policial descobriu nesta sexta-feira (26) uma organização criminosa envolvida em roubos de caminhões e três vítimas foram libertadas de cárcere privado, em Presidente Prudente (SP).

Conforme Polícia Militar Rodoviária, seis pessoas foram presas, uma arma foi localizada e três vítimas que haviam sido rendidas pelos criminosos foram liberadas do cárcere privado.

Seis pessoas já foram presas durante a operação — Foto: Bruna Bachega/TV Fronteira

Ainda conforme a polícia, a perseguição teve início depois que um carro passou pela Base da Polícia Militar Rodoviária, na Rodovia Raposo Tavares (SP-270), em Presidente Prudente, em atitude suspeita e chamou a atenção da equipe que trabalhava no plantão.

O carro foi abordado e os criminosos que estavam no automóvel levaram a polícia até as vítimas, que estavam em uma chácara, no bairro Terras do Imoplan. As vítimas estavam dopadas e foram levadas a um hospital para receber atendimento médico.

Polícia Rodoviária liberta vítimas de cárcere privado em Presidente Prudente

Polícia Rodoviária liberta vítimas de cárcere privado em Presidente Prudente

A polícia ainda conseguiu interceptar um caminhão roubado, que foi apreendido.

Os suspeitos foram levados à Delegacia Participativa e estão sendo interrogados pela Polícia Civil.

A ocorrência ainda segue em atendimento.

Veículo utilizado pelos criminosos durante perseguição policial foi apreendido — Foto: Bruna Bachega/TV Fronteira

Arma, celulares e dinheiro foram apreendidos — Foto: Bruna Bachega/TV Fronteira

Caminhão roubado foi apreendido pela Polícia Rodoviária — Foto: Bruna Bachega/TV Fronteira

VÍDEOS: Tudo sobre a região de Presidente Prudente

Continue lendo

Presidente Prudente

SAS participa do XII Fórum Municipal de Enfrentamento à Violência Contra Mulher

Artigo

em

Por

Sexta-feira, 26 de Novembro de 2021

SAS participa do XII Fórum Municipal de Enfrentamento à Violência Contra Mulher

LEIA TAMBÉM

A secretária Municipal de Assistência Social de Presidente Prudente (SAS), Clélia Tomazini, participou da abertura do XII Fórum Municipal de Enfrentamento à Violência Contra Mulher, que aconteceu na manhã desta sexta-feira (26/11), no auditório da Fundação Inova, realizado pela Rede Mulher, que é composta pela SAS, Poder Judiciário, Ministério Público, Vigilâncias Sanitária e Epidemiológica, Conseg, Delegacia de Defesa da Mulher e Polícia Militar. 

O evento também contou com a presença da coordenadora de Gestão do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), Silmara Mendes, da tenente-coronel Renata Fassina, comandante do 18º Batalhão de Polícia Militar do Interior, das delegadas Daniela Marrey Sanchez e Denise Akagui Simonato, da Delegacia de Defesa da Mulher, da advogada e membro da Comissão da Mulher da 29ª Subseção da OAB, Aline Fernanda Escarelli, e da vereadora Miriam Brandão.

Segundo Clélia, as discussões abordadas são de tamanha importância para o enfrentamento à violência contra a mulher. “Estamos aqui reunidas com profissionais que, infelizmente, lidam com essa realidade diariamente. Essa vivência é capaz de contribuir para que políticas sejam viabilizadas em prol de ações de combate e enfrentamento”, declarou a secretária.

Na programação do Fórum, Elizabeth Soares Pinheiro Lourenção, assistente social do Ministério Público, explanou sobre a Rede Mulher Prudente.

A defensora pública Giovana Devito dos Santos Rota, coordenadora Regional da Escola da Defensoria Pública do Estado de São Paulo, palestrou sobre a contribuição cultural, educacional, social, política, das mulheres negras e sobre defesa da diversidade e da equidade racial.

Vanessa Zorzan, que é promotora de Justiça do Ministério Público do Estado de São Paulo, com atuação na área criminal, abordou o novo tipo penal de violência psicológica contra a mulher.

Por fim, a psicóloga Brenda Raven Cavalcante Araújo Mercurio fez a apresentação do Fluxo de atendimento da Casa Abrigo Regional às representes dos municípios integrantes do projeto.

O evento também contou com a exposição artística ‘Black Light’, confeccionada por alunos e professores das escolas E.M.E.I.F. Governador Mario Covas, Sesi e Escola Estadual Professora Mirella PesceDesidere.

Dados sobre a violência contra mulher, segundo a Rede Mulher:

 

Diariamente, no Brasil são registrados, em média, 730 casos de lesão corporal dolosa, enquadrados na Lei Maria da Penha;

A cada 30 minutos, uma mulher é vítima de estupro no Brasil;

No primeiro mês da pandemia da Covid-19, em 2020, houve um aumento de 9% nos registros de casos de violências contra a mulher;

Também em 2020, primeiro ano da pandemia, a Polícia Civil registrou um aumento de 5,6% no número de solicitações de medidas protetivas pelas vítimas de violência doméstica e familiar à justiça do Estado de São Paulo. Entre abril de 2020 e março de 2021, foram registrados 47.017 pedidos, entre solicitações física e online, contra 44.513 entre abril de 2019 e março de 2020;

O Tribunal de Justiça de São Paulo, que concentra todos os pedidos feitos e distribuídos nos fóruns, também registrou aumento nas solicitações de medidas protetivas de urgência no último ano. O salto foi de 66.451 pedidos entre abril de 2019 e março de 2020 para 67.921 entre abril de 2020 e março de 2021. 

Fonte: Secretaria de Comunicação

Galeria de Fotos

Outras notícias

Continue lendo
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

TAGS

+ VISTOS

Copyright © 2021 powered by NH TV.