Connect with us

Paulínia

Morador recebe alta após usar pulmão artificial na luta contra Covid-19

Artigo

em

Após 73 dias internado, o analista de logística Paulo Sérgio Smizmaul, 53 anos, venceu uma dura batalha contra a Covid-19. O morador de Paulínia (SP) recebeu alta do hospital nesta sexta-feira (10) e contou que passou mais de um mês ligado a um pulmão artificial enquanto seu órgão se recuperava – o tratamento utilizado foi o mesmo do ator Paulo Gustavo, a ECMO. Apesar da gravidade do quadro, ele afirmou que sempre se manteve confiante: “Nunca me passou a morte pela cabeça”.

Sérgio relatou que começou a sentir sintomas como febre e cansaço por volta do dia 24 de junho, e procurou o Hospital Municipal de Paulínia, onde fez o teste que constatou a presença do coronavírus no organismo.

LEIA TAMBÉM

“No dia 29 eu fui internado. Foi uma evolução muito rápida e sempre para pior. Começou com uma febre que o remédio não cortava e a saturação [do oxigênio] começou a cair”, relatou.

Inicialmente, Paulo ficou em um leito comum para casos de Covid-19 pelo SUS em Paulínia. Após uma semana e com piora do quadro, ele foi intubado.

“Eu pedi para ser intubado no Hospital Municipal, porque eu não conseguia dormir. Eu chamei o médico e falei: doutor, eu não aguento mais, estou cansado, esgotado, preciso dormir”, disse.

O pedido foi atendido e o analista de logística acabou transferido para o Vera Cruz Casa de Saúde, em Campinas. Ele ficou cerca de seis dias na unidade e, em seguida, foi encaminhado para o Vera Cruz Hospital por conta da necessidade de começar o tratamento com o pulmão artificial.

De acordo com o médico Maurício Marson, responsável pelo time de ECMO, Sérgio teve uma melhora na qual foi possível desligar a máquina, mas logo precisou retornar. No total, foram 31 dias em que o paciente ficou ligado ao aparelho.

“O organismo do paciente respondia bem, chegamos a interromper momentaneamente o suporte da ECMO, porém foi necessário o retorno em curto período após reavaliação, devido à permanência em estado crítico por um tempo considerável. Na semana seguinte, ele já estava melhor e o aparelho foi retirado”, explicou Marson.

‘Sempre fui sereno’

Apesar do receio em relação a intubação, Paulo contou que não teve medo. “Todo mundo diz que intuba e não volta mais, mas o médico me explicou que não era bem assim e, naquele momento, eu achei que seria a melhor coisa a fazer”, lembrou.

Sérgio acrescentou que, apesar do processo longo de recuperação, tentou manter a tranquilidade. “Eu sempre fui sereno em relação a isso”, disse o analista de logística.

Vacina não chegou a tempo

Além de não fazer parte da faixa etária considerada como grupo de risco, Sérgio afirmou que também não possui histórico de doenças que poderiam explicar o quadro de saúde grave. No entanto, ele disse que, dias antes de começar a perceber os sintomas, havia aberto o agendamento da vacinação contra Covid-19 para moradores com 53 anos, mas não conseguiu uma vaga.

“Em Paulínia, deixaram três dias para a minha faixa etária, mas eu entrava no site da prefeitura para agendar e não conseguia. Então, eu peguei Covid e não pude tomar a vacina”, completou.

De acordo com o analista de logística, os médicos recomendaram esperar mais 40 dias para receber a alta completa e poder ser imunizado contra o coronavírus. “Quero que nunca mais aconteça isso comigo, pelo amor de Deus”, ressaltou.

Fonte: G1

PUBLICIDADE

Paulínia

Sem aumento, gasolina está defasada em R$ 0,27 e etanol só tem apoio na oferta curta; diesel menos R$ 0,28

Artigo

em

Por

Adecoagro Cana-de-açúcar Sucroenergia
Safra de cana muito prejudicada sacrificou a produção de etanol (Imagem: Reprodução/Adecoagro)

Caso se consolide algum aumento do etanol hidratado nas usinas nesta semana, mesmo com alguma limitação, ele virá da oferta apertada, sem apoio algum da gasolina. O derivado de petróleo está sem reajuste e com defasagem de R$ 0,27 frente ao mercado internacional.

O valor do litro chega a até R$ 7 em algumas praças brasileiras e a Petrobras (PETR4) protela novas altas nas refinarias, com clara tentativa de controlar o impacto na inflação.

LEIA TAMBÉM

No cálculo de defasagem do combustível, em 9%, a Associação Brasileira das Importadoras de Combustíveis (Abicom) já reproduz a queda de 0,82% do petróleo na ICE Europe (Londres) nesta sexta (17) para US$ 75,05 o barril.

O diesel, também pela comparação com o mercado internacional, está R$ 0,28 mais barato.

O etanol usado direto nos carros andou dos dois lados nas distribuidoras de Paulínia, apesar de que nos dois dias no qual esteve positivo o reajuste foi pouco maior que os recuos. Na quinta fechou em R$ 3,335 o litro.

Também pelos dados do Cepea, na semana anterior o biocombustível obteve uma alta moderada na indústria, de 0,37%, depois de semanas com majoração significativas.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Continue lendo

Paulínia

Preso mais um ladrão de cargas membro de quadrilha

Artigo

em

Por

Um rapaz de 19 anos foi preso pela Guarda Civil Municipal, em Paulínia, depois que ele foi identificado com um dos envolvidos em casos de roubo de cargas nas rodovias que cruzam a cidade nos meses de julho e agosto. A investigação está sendo conduzida pelo Setor de Investigações Gerais (SIG) de Aguaí.

A prisão temporária do suspeito foi decretada pela Justiça e, somente após o compartilhamento de informações da SIG de Aguaí com a Guarda Municipal de Paulínia, foi possível efetivar a ação.

LEIA TAMBÉM

Os GMs, integrantes do Romu de Paulínia, acompanharam o investigado e conseguiram abordá-lo. O rapaz, ao ver que seria preso, quebrou o seu aparelho celular, visando, com isso, dificultar os trabalhos investigativos.

O preso foi conduzido ao Plantão Policial de Paulínia e encaminhado à cadeia pública de São João da Boa Vista. Até o momento, com a prisão desse último suspeito, quatro criminosos já foram detidos e os trabalhos de apuração prosseguem.

O crime

A ação faz parte da “Operação Piratas do Asfalto”, cujo objetivo é o de desarticular uma associação criminosa voltada à prática de roubo de cargas nas rodovias do estado de São Paulo.

As ocorrências começaram no final do mês de julho deste ano, mais precisamente no dia 27, na Rodovia Cândido Portinari, próximo à cidade de Aguaí, quando os criminosos abordaram um caminhão que transportava uma carga de defensivos agrícolas avaliada em mais de R$ 600 mil.

No início de agosto, no dia 12, novamente a mesma quadrilha voltou a atacar na Rodovia Cândido Portinari. Dessa vez, a vítima foi um motorista que transportava uma carga de combustível, avaliada em R$ 200 mil reais.

Já no final desse mesmo mês, dia 25, os criminosos atacaram e levaram a carga e o caminhão na cidade de Paulínia.

Continue lendo

Paulínia

Covid-19: Sumaré e mais nove cidades realizam mutirão de vacinação neste sábado; veja lista

Artigo

em

Por

Sumaré (SP) e mais nove cidades da região de Campinas (SP) dão continuidade à campanha de vacinação contra a Covid-19 neste sábado (18). São elas: Americana (SP), Amparo (SP), Hortolândia (SP), Indaiatuba (SP), Louveira (SP), Paulínia (SP), Pedreira (SP), Santo Antônio do Jardim (SP) e Vinhedo (SP). Saiba mais abaixo.

Campinas não realiza nenhuma ação neste sábado. A metrópole informou ao G1 que o próximo “Dia D” está previsto para 2 de outubro.

O levantamento foi feito junto às 31 prefeituras da área de cobertura do G1 Campinas e Região.

Catorze municípios – além de Campinas – informaram que não abrem os postos de vacinação neste sábado. São eles: Águas de Lindóia, Artur Nogueira, Jaguariúna, Holambra, Itapira, Lindóia, Morungaba, Monte Alegre do Sul, Monte Mor, Mogi Mirim, Pedra Bela, Santo Antônio de Posse, Serra Negra, Socorro e Valinhos.

Já as cidades que não informaram se vacinam neste sábado são cinco: Espírito Santo do Pinhal, Estiva Gerbi, Mogi Guaçu, Pinhalzinho e Tuiuti. O texto será atualizado, caso as prefeituras deem retorno ao G1.

Americana aplica segundas doses na população geral acima de 18 anos neste sábado. A ação acontece das 8h às 16h e contempla apenas moradores agendados.

Os locais de imunização são o campus Maria Auxiliadora da Unisal, na Avenida de Cillo, 3.500, Parque Universitário; o Colégio Visão e a Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Vila Gallo, na Rua Quintino Bocaiúva, 1250, Centro.

Os documentos necessários são CPF, RG e cartão de vacinação comprovando a primeira dose. Caso a pessoa tenha se mudado recentemente para Americana e vá tomar a segunda dose na cidade, é preciso levar também o comprovante de endereço.

Amparo mantém a vacinação para adolescentes de 12 a 17 anos – com ou sem comorbidades – e pessoas que têm a segunda aplicação agendada para este sábado. Adultos que ainda não receberam a primeira aplicação também podem aproveitar para se imunizar.

A campanha acontece no Centro do Trabalhador, conhecido como “Bolão”, na Rua Rodrigo de Arruda Botelho, 107, Jardim Camanducaia.

Os documentos necessários são o cartão do Sistema Único de Saúde (SP), CPF e comprovante de endereço. No caso dos adolescentes, é preciso o acompanhamento de um responsável ou a emissão de uma autorização disponibilizada no site da prefeitura.

Hortolândia

Hortolândia segue aplicando a dose de reforço em idosos. Neste sábado, moradores com mais de 85 anos, que tenham completado o esquema vacinal há pelo menos seis meses, recebem a terceira aplicação.

A campanha acontece via drive-thru, das 8h às 15h30, no estacionamento da Câmara Municipal de Hortolândia, na Rua Joseph Paul Julien Burlandy, 250, Parque Gabriel. Não é preciso agendar.

Para se vacinar, é necessário apresentar documento com foto, CPF e comprovante das duas doses. Caso o idoso tenha se mudado para Hortolândia recentemente, é preciso levar também um comprovante de endereço atualizado.

Indaiatuba

Indaiatuba aplica as segundas doses dos imunizantes AstraZeneca e Pfizer neste sábado, no Centro Esportivo do Trabalhador, na Avenida Conceição, 1885, Cidade Nova II. Serão vacinados moradores que tenham recebido a primeira dose da AstraZeneca entre os dias 20 e 30 de junho e da Pfizer nos dias 21 e 23 de junho.

A campanha acontece das 9h às 18h. Os moradores foram previamente cadastrados na plataforma municipal “Minha Vacina e convocados via e-mail para receber a segunda aplicação.

Para ser vacinado, é obrigatório apresentar o QR Code da convocação e comprovante de endereço. Quem não tiver comprovante de endereço no nome pode apresentar documento comprovando o contrato de aluguel ou parentesco com o titular do comprovante.

Moradores de Louveira imunizados com a vacina da Pfizer no dia 26 de junho recebem a segunda dose do imunizante neste sábado. Com isso, 650 pessoas completam o esquema vacinal.

A campanha acontece por drive-thru, na Área de Lazer do Trabalhador, das 9h às 16h. A entrada no local acontece pela Estrada Miguel Bossi, ao lado da Secretaria da Cultura. A Saúde orienta que os moradores evitem a Rodovia Romildo Prado, que está sobrecarregada por conta de obras.

Para receber o imunizante, a prefeitura reforça que é preciso apresentar o comprovante de vacinação e um documento original com foto.

Paulínia vacina, neste sábado, moradores que devem tomar a segunda dose da AstraZeneca. Aqueles que receberam a primeira aplicação até o dia 23 de junho serão atendidos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) Centro I e São José, conforme agendamento aberto na quinta-feira (16).

A UBS Centro I fica localizada na Rua Presidente Costa e Silva, 444, Nova Paulínia. Já a São José está situada na Avenida Pedro Antônio Bordignon, 150, São José.

Para receber a aplicação, a prefeitura orienta que é preciso apresentar apenas o comprovante de vacinação e um documento com foto.

Em Pedreira, será aplicada a segunda dose em moradores agendados neste sábado; a primeira em adolescentes a partir de 12 anos, sem comorbidades; e a terceira dose em pessoas com mais de 70 anos que tenham completado o esquema vacinal há seis meses. Adultos que ainda não tenham se vacinado também podem comparecer para a “repescagem”.

A campanha acontece via drive-thru das 8h às 16h, no Estádio Municipal Wanderley José Vicentini, na Rua Maria Angi Sarkis, s/n.

Para moradores que desejam se vacinar à pé, a imunização é ofertada na Central Municipal de Saúde, na Rua Miguel Sarkis, 50, Parque Industrial. O horário de atendimento também é das 8h às 16h.

Os documentos necessários para a imunização são RG, CPF e comprovante de residência. Os menores de idade devem estar acompanhados de um responsável.

Santo Antônio do Jardim

Santo Antônio do Jardim promove uma repescagem para que moradores maiores de 18 anos se vacinem contra a Covid-19 neste sábado. Há 50 doses disponíveis e os moradores receberão senhas para atendimento.

A vacinação ocorre na Unidade Básica de Saúde (UBS) Raul da Costa Câmara, na Rua José Justino de Oliveira, 118, Centro, das 8h às 11h.

É necessário apresentar RG, CPF e comprovante de endereço.

Neste sábado, Sumaré oferece a segunda dose para os moradores programados e a dose de reforço para os idosos a partir de 80 anos.

A imunização acontece das 9h às 15h, no Centro Esportivo “Vereador José Pereira”. O endereço é Rua Sebastião Raposeiro Júnior, 261, Vila Yolanda Costa e Silva.

Para o recebimento das doses, a Prefeitura de Sumaré informa que o morador precisa apresentar apenas o comprovante de vacinação.

Vinhedo realiza a campanha de imunização contra Covid-19 neste sábado para adolescentes de 12 a 17 anos, adultos e pessoas aptas a receber a terceira dose.

Os jovens e adultos recebem a aplicação no Espaço da Terceira Idade, na Rua Antônio Matheus Sobrinho, 278, bairro São Matheus, e no Colégio Patriarca da Independência, na Rua Rui Barbosa, 55, Vila Planalto. A dose de reforço será aplicada em instituições de longa permanência e nas residências de pessoas acamadas.

Para receber a primeira dose, o morador deve levar o comprovante do agendamento, documento com foto, CPF e comprovante de endereço no nome da pessoa a ser vacinada ou Cartão Cidadão. Quem tem o Cartão Cidadão não precisa levar CPF nem comprovante de endereço.

Na segunda dose, é preciso levar documento com foto, comprovante de endereço no nome da pessoa a ser vacinada ou Cartão Cidadão e o comprovante da primeira dose.

Os adolescentes devem apresentar o Termo de Assentimento para vacinação, disponível neste link. É preciso levar o termo preenchido e impresso, em duas vias, e assinado pelo responsável legal.

*sob supervisão de Patrícia Teixeira e Bárbara Brambila.

VÍDEOS: Tudo sobre Campinas e região

Continue lendo
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

TAGS

+ VISTOS

Copyright © 2021 powered by NH TV.