Connect with us

Belém

Profissionais da saúde tomam a 3ª dose neste sábado, em Belém

Artigo

em

Neste sábado (23), será dia de 3ª dose contra a covid-19 para os profissionais da saúde de Belém. A Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) vai disponibilizar essa dose de reforço exclusivamente para este grupo, que deve ter tomado a 2ª dose até o mês de junho.

LEIA TAMBÉM

Para receber a 3ª dose, trabalhador da área da saúde precisa apresentar RG, CPF e cartão de vacinação de Belém, além do comprovante de atuação profissional, como: carteira do conselho, crachá de identificação dentro do prazo de validade, contracheque dos últimos 30 dias ou declaração de vínculo institucional.

A Sesma informou que, excepcionalmente, neste sábado, o ponto de vacinação localizado no shopping Pátio Belém, no bairro Batista Campos, não vai funcionar por causa de uma manutenção. “No total, 22 pontos estarão abertos na capital, no horário de 9h às 17h”, destacou a nota da Secretaria.

Veja onde se vacinar:

1. Boulevard Shopping Belém – Estacionamento G6. Av. Visconde de Souza Franco, 776. Reduto.
2. Cassazum. Avenida Duque de Caxias, nº 1375, bairro do Marco.
3. Castanheira Shopping Center. Rod. BR 316, km 01, 3° piso. Espaço Cultural.
4. Escola de Enfermagem da UEPA. Avenida José Bonifácio, nº 1289, bairro do Guamá.
5. Faculdade Cosmopolita. Avenida Tavares Bastos, 1313, Marambaia.
6. FIBRA. Avenida Gentil Bittencourt, nº 1144, bairro de Nazaré.
7. Ginásio do CCBS-UEPA, esquina da Perebebuí com Almirante Barroso.
8. Ginásio Mangueirinho. Avenida Augusto Montenegro, nº 524, bairro do Mangueirão.
9. Icoaraci. Assembleia de Deus, Templo Monte Tabor, Av. Augusto Montenegro, 838 – Agulha.
10. Icoaraci. Escola Liceu de Artes e Ofícios Mestre Raimundo Cardoso. Tv. dos Andradas, 1110 – Ponta Grossa.
11. Icoaraci. SEST SENAT. Av. Augusto Montenegro, 765 – Águas Negras.
12. IFPA Campus Belém – Av. Almirante Barroso, 1155- Marco
13. Igreja do Evangelho Quadrangular. Barão de Igarapé Miri, esquina com 25 de junho, bairro do Guamá.
14. IT Center. Av. Senador Lemos, 3153, bairro da Sacramenta.
15. Mosqueiro. Escola Municipal de Ensino Fundamental Abel Martins. Rua Lalor Mota, 551, Carananduba.
16. Mosqueiro. Escola Municipal de Ensino Fundamental Professora Donatila Santana Lopes, Rua Francelina Santos (rua da bateria), Farol.
17. Outeiro. FUNBOSQUE. Avenida Nossa Senhora da Conceição, Distrito de Outeiro.
18. Shopping Bosque Grão-Pará, entrada de carros exclusivo pelo acesso do Condomínio Cidade Cristal (acesso D) e entrada de pedestres pelo acesso da Rodovia dos Trabalhadores (acesso G).
19. UEPA CCSE: Universidade do Estado do Pará – Centro de Ciências Sociais e Educação. Rua do Una, n° 156.
20. UNAMA. Avenida Alcindo Cacela, nº 287.
21. UNIFAMAZ. Avenida Visconde de Souza Franco, nº 72, bairro do Reduto.
22. Universidade Federal do Pará (Mirante do Rio/UFPA – Campus Guamá). Rua Augusto Corrêa, 01, Guamá.

Cronograma de vacinação anticovid-19 em Belém:

– 23 de outubro (sábado): dose de reforço (terceira dose) para os trabalhadores da saúde
vacinados com a segunda dose até junho.
– 25 de outubro (segunda-feira): segunda dose da vacina da Pfizer para pessoas com deficiência ou
comorbidades, nascidas de 2003 a 2009.
– 26 de outubro (terça-feira): segunda dose da vacina da Pfizer para as pessoas nascidas de 1962 a
1981.
– 27 de outubro (quarta-feira): segunda dose da vacina da Pfizer para as pessoas nascidas de 1982
a 1988.
– 28 de outubro (quinta-feira): segunda dose da vacina da Pfizer para as pessoas nascidas de 1989
a 1994.
– 01 de novembro (segunda-feira): segunda dose da vacina da Pfizer para as pessoas nascidas em
2004.
– 02 de novembro (terça-feira): segunda dose da vacina da Pfizer para as pessoas nascidas em 2005
ou 2006.
– 03 de novembro (quarta-feira): segunda dose da vacina da Pfizer para as pessoas nascidas em
2007 ou 2008.
– 04 de novembro (quinta-feira): segunda dose da vacina da Pfizer para as pessoas nascidas em
2009.
– 05 de novembro (sexta-feira): segunda dose da vacina CORONAVAC para as pessoas nascidas
até 1993.
– 06 de novembro (sábado): segunda dose da vacina CORONAVAC para as pessoas nascidas de
1994 a 2003.
– 08 de novembro (segunda-feira): dose de reforço (terceira dose) para idosos nascidos em 1952
ou 1953, que tenham recebido a segunda dose até julho.
– 09 de novembro (terça-feira): dose de reforço (terceira dose) para idosos nascidos em 1954 ou
1955, que tenham recebido a segunda dose até julho.
– 10 de novembro (quarta-feira): dose de reforço (terceira dose) para idosos nascidos em 1956
ou 1957, que tenham recebido a segunda dose até julho.
– 11 de novembro (quinta-feira): dose de reforço (terceira dose) para idosos nascidos em 1958
ou 1959, que tenham recebido a segunda dose até julho.
– 12 de novembro (sexta-feira): dose de reforço (terceira dose) para idosos nascidos em 1960 ou
1961, que tenham recebido a segunda dose até julho

Continue lendo
PUBLICIDADE

Belém

Bettina Ferro faz mutirão para atender diabéticos neste sábado, 27, em Belém

Artigo

em

Por

LEIA TAMBÉM

Iniativa ocorrerá no Hospital Universitário Bettina Ferro de Souza (HUBFS), em Belém. — Foto: Divulgação

Neste sábado (27), o Hospital Universitário Bettina Ferro de Souza (HUBFS) realizará um mutirão para atender pessoas com diabetes cadastradas no programa Hiperdia, das unidades de saúde do Guamá e da Terra Firme, e que necessitam de investigação de retinopatia diabética, uma das principais causas de cegueira irreversível em adultos.

A equipe do hospital, referência no atendimento de média e alta complexidade em oftalmologia, irá realizar exames de fundo de olho para avaliação de retina, e, conforme a indicação, os pacientes serão encaminhados para o tratamento adequado.

Os pacientes que serão atendidos pelo mutirão fazem parte do Programa de Assistência à Hipertensão e Diabetes (Hiperdia) e realizam acompanhamento nas unidades de saúde nos quais estão cadastrados.

O mutirão do diabetes também atenderá estes pacientes nas especialidades de cardiologia, cirurgia vascular, endocrinologia e nutrição.

Retinopatia diabética

A retinopatia diabética é uma doença que evolui conforme o passar dos anos, e está relacionada com o descontrole da glicemia. Ela afeta os pequenos vasos da retina e dificulta a visão do paciente.

Por se tratar de uma doença silenciosa, pacientes que possuem diabetes devem realizar, ao menos uma vez por ano, o exame de fundo de olho para investigar anormalidades na retina e, se for o caso, diagnosticar e tratar a doença.

No Brasil, segundo a Federação Internacional de Diabetes (IDF), 46% da população com diabetes só é diagnosticada quando a doença já apresenta alguma condição irreversível.

O Fórum Paraense do Mutirão de Diabetes afirma que os números alarmantes ressaltam a necessidade do diagnóstico precoce para evitar graves complicações, como a retinopatia diabética, a amputação de membros e a insuficiência renal.

VÍDEOS com as principais notícias do Pará

Veja outras notícias do estado no g1 Pará.

Continue lendo

Belém

Universidade demite professor que perguntou se aluna vai levar lubrificante ‘quando for estuprada’

Artigo

em

Por

LEIA TAMBÉM

Professor aparece em vídeo comparando estupro e processo de intubação

Professor aparece em vídeo comparando estupro e processo de intubação

O professor do curso de medicina que perguntou a uma aluna durante a aula que se ela levaria consigo um vidro de lubrificante quando fosse estuprada foi demitido da universidade em que lecionava neste sexta-feira (26). O Centro Universitário Metropolitano da Amazônia (Unifamaz), em Belém, emitiu comunicado informando que o docente não faz mais parte do quadro de profissionais.

A situação ocorreu em 17 de novembro, mas o vídeo com um trecho da situação repercutiu nas redes sociais nesta quinta-feira (25).

A Polícia Civil informou nesta sexta-feira (26) que investiga o caso como importunação sexual e o Conselho de Medicina instaurou um procedimento administrativo.

Em nota, a Unifamaz disse ainda que “refuta com veemência qualquer atitude que viole o bem-estar da comunidade acadêmica e reforça seu compromisso com a formação de cidadãos éticos, portanto, repudia qualquer tipo de ato de assédio contra a mulher ou contra qualquer ser humano”.

Declaração de professor sobre estupro ocorreu durante aula de medicina em Belém — Foto: TV Liberal/Reprodução

A declaração do professor foi feita enquanto a aluna, que não quer ser identificada, treinava a prática de intubação no centro universitário. O professor questionou se ela passou lubrificante no material antes de inserir pela boca do boneco. Ela respondeu que não.

“Quando a senhora for estuprada, quero ver se a senhora vai levar o vidrinho de lubrificante para facilitar a vida ,ou vai preferir no seco mesmo?”, disse o professor em frente a outros alunos que acompanhavam o procedimento feito pela colega de turma.

Um boletim de ocorrência foi registrado, e o caso está em investigação na Divisão Especializada no Atendimento à Mulher. A polícia não informou se já ouviu algum depoimento.

Já o Conselho Regional de Medicina do Estado do Pará (CRM-PA) informou que “efetivou as medidas legais previstas, instaurando o competente procedimento administrativo”.

Continue lendo

Belém

Polícia Civil promove evento em alusão à campanha Novembro Azul, em Belém

Artigo

em

Por

A Polícia Civil do Pará encerrou a programação do Novembro Azul, de conscientização e prevenção do câncer de próstata, com uma palestra nesta sexta-feira, 26. Organizado pela Diretoria de Atendimento ao Servidor (DAS), o evento foi realizado na Delegacia Geral, em Belém, com a oferta de serviços de beleza e entretenimento, sorteios de brindes e lanche.

A programação iniciou por volta das 8h, com uma cerimônia de abertura, seguida de palestra com o tema “Câncer de próstata e o novembro azul”, ministrada pelo médico urologista Antônio Carlos Figueiredo, que reforçou o alerta, chamando a atenção do público sobre a importância de se realizar os exames preventivos para o diagnóstico precoce do câncer de próstata.

LEIA TAMBÉM

“Nossa ação é um importante alerta para nossos policiais civis e servidores que por algum motovo têm medo ou preconceito dos exames necessários para o diagnóstico precoce da doença. As doenças podem ser tratadas ou evitadas e precisamos diminuir esse triste índice”, explicou o delegado-geral, Walter Resende.

A ação ofertou serviços como de cortes de cabelo e barba, testes rápidos, orientações de saúde e sorteio de brindes.

De acordo com o urologista Antônio Carlos Figueiredo, a única forma de garantir a cura do câncer de próstata é o diagnóstico precoce. “Mesmo na ausência de sintomas, homens, a partir dos 45 anos com fatores de risco, ou 50 anos sem estes fatores, devem ir ao urologista para conversar sobre o exame de toque retal, que permite ao médico avaliar alterações da glândula, como endurecimento e presença de nódulos suspeitos e sobre o exame de sangue PSA (antígeno prostático específico)”, informou.

“Ações como essas são sempre bem-vindas, pois trazem momentos de lazer e diversão a (nós) policiais civis. Os números mostram que a doença está aí e que precisamos fazer os exames de prevenção, além de cuidar da saúde de uma forma geral”, pontuou o investigador da Polícia Civil, Carlos Pereira.

Também participaram da ação alusiva, os delegados Carlos Daniel de Castro, titular da Diretoria De Polícia Metropolitana (DPM); Benedito Magno Costa, da Diretoria de Polícia Especializada (DPE); e Hennison Jacob Azevedo, da Diretoria de Polícia do Interior (DPI); entre outros representantes.

*Texto de Talison Lima / Ascom PCPA

Continue lendo
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

TAGS

+ VISTOS

Copyright © 2021 powered by NH TV.