Home Séries Tudo sobre o Xbox Series X: Preço, lançamento, especificações e mais

Tudo sobre o Xbox Series X: Preço, lançamento, especificações e mais

13 min read
0
Quer receber as principais notícias do NH TV pelo Facebook Messenger? Inscreva-se agora.

Durante o The Game Awards 2019, o mundo foi apresentado ao nome e visual do console de próxima geração da Microsoft. Anteriormente conhecido como Project Scarlett, o poderoso hardware e sucessor do Xbox One foi formalizado como Xbox Series X.

Entretanto, poucas informações foram divulgadas sobre o console. Nesta reportagem, reunimos todos os detalhes oficiais, rumores e vazamentos sobre o lançamento, preço, funcionalidades e especificações do Xbox Series X. Você também pode preparar-se para a nova geração conferindo tudo o que sabemos sobre o PS5, o novo console da Sony.

Lançamento e preço

Na conferência da E3 2019, a Microsoft revelou que o Xbox Series X está previsto para chegar ao mercado no final de 2020. O dia e mês exato, no entanto, ainda não foram divulgados.

O preço do console também não foi revelado — é possível que esta e outras informações sejam oficializadas na apresentação da Microsoft na E3 2020. Para comparação, vale lembrar que o Xbox One chegou ao mercado em 2013 por US$ 499. O Xbox One X, modelo 4K da família, chegou em 2017 pelo mesmo preço.

Leia mais: Coronavírus pode atrasar lançamentos do PS5 e Xbox Series X

Imagem: Reprodução

Phil Spencer, chefe do Xbox, já afirmou que a nova geração não vai “sacrificar performance pelo custo”. O preço depende do valor do componentes, taxas de importação e outros fatores. Especulações de analistas sugerem que o console custará entre US$ 550 a US$ 600.

Especificações

No primeiro vídeo de anúncio do Project Scarlett, a Microsoft promete que o console será quatro vezes mais poderoso do que o Xbox One X. Está garantido que o console entregará, no mínimo, resolução 4K e 60 quadros por segundo (FPS). Mas um comunicado oficial da Microsoft revela que há a possibilidade do hardware oferecer suporte a 120 FPS, com suporte a Variable Refresh Rate (VRR) e resolução 8K.

Sabemos que o console vai utilizar uma CPU customizada que será baseada no Zen 2, da AMD. A configuração ainda promete uma memória RAM GDDR6 e um drive SSD que promete eliminar telas de carregamento e aprimorar a performance do hardware. A empresa também já prometeu que o console contará com a tecnologia de ray tracing, que simula o comportamento dos raios de luz no ambiente do jogo.

Leia mais: Xbox estará na E3 2020, confirma Phil Spencer

Um rumor recente do Digital Foundry indica que o Xbox Series X poderá oferecer 12 teraflops, sustentados por 56 unidades computacionais Navi customizadas a 1700MHz e memória GDDR6 — o Xbox One X oferece 36 unidades computacionais GCN a 311MHz e memória GDDR5 de 8GB.

Design e controle

O design do novo Xbox foi revelado no TGA 2019 e revela um visual bastante diferente dos antecessores. A imagem mostra o hardware na vertical, como um gabinete de PC, mas a Microsoft já confirmou que a máquina também poderá ser utilizada horizontalmente. No topo do console, vemos a saída de ar, que promete jogatinas silenciosas para os donos do console.

Já o visual do controle Xbox Wireless Controller sofreu poucas alterações. As maiores novidades são os gatilhos aprimorados, a adição de um botão de compartilhar e a inclusão do d-pad digital, derivado do Xbox Elite Controller. O novo controle também será compatível com o Xbox One e PCs.

Imagem: Reprodução

Games

Halo Infinite é o único game exclusivo da Microsoft cujo lançamento acontecerá junto com a nova geração. Assim como o Xbox Series X, o jogo não possui uma data de lançamento específica. No TGA 2019, também foi confirmado que Senua’s Saga: Hellblade 2 está em desenvolvimento para o Xbox Series X.

Entre os estúdios que foram adquiridos recentemente pela Microsoft e que provavelmente estão trabalhando em jogos para a nova geração estão Ninja Theory, Undead Labs, Compulsion Games, Playground Games, Obsidian Entertainment, inXile Entertainment e Double Fine Productions.

Além disso, a empresa já afirmou que os games exclusivos do Xbox Studios vão permanecer como crossgen por pelo menos um ano, o que significa que todos os exclusivos do Xbox chegarão para o Series X e para o Xbox One.

Entre jogos de empresas third-parties, já sabemos que Outriders, da Square Enix, e The Lord of the Rings: Gollum, da Daedalic Entertainment, serão lançados para o Xbox Series X e PS5. A Ubisoft já confirmou que seus próximos lançamentos também serão cross-gen, incluindo Watch Dogs: Legion, Rainbow Six Quarantine e Gods & Monsters. Já a Electronic Arts adiantou que Battlefield 6 e The Sims 5 chegarão para a nova geração.

Há alguns outros jogos que estão atualmente em desenvolvimento e que podem chegar para o Xbox Series X, incluindo Starfield e The Elder Scrolls 6, da Bethesda; Elden Ring, a nova franquia da FromSoftware; e o aguardado Cyberpunk 2077, da CD Projekt Red.

Além disso, é esperado que o novo console tenha suporte a games que serão lançados para o Xbox One ao longo de 2020 por meio da retrocompatibilidade. Esse é um tópico que falaremos a seguir.

Funcionalidades e serviços

Uma das grandes apostas da Microsoft no Xbox One foi o serviço de retrocompatibilidade. Isso continuará presente na nova geração, já que a empresa prometeu que o Xbox Series X terá a funcionalidade no lançamento. Ao Gamespot, Phil Spencer revelou que o novo hardware rodará todos os jogos disponíveis no Xbox One desde o primeiro dia. Isso também inclui títulos de Xbox 360 e do Xbox original que já são retrocompatíveis na geração atual.

O popular Xbox Game Pass, plataforma disponível no Xbox One e PC que oferece um catálogo de jogos para os assinantes, também estará disponível no Xbox Series X desde o lançamento. Por fim, o Project xCloud, serviço de streaming na nuvem da Microsoft, será uma das grandes funcionalidades da nova geração. Segundo a empresa, o console foi feito para que os jogadores possam “levar ótimos jogos para qualquer lugar”.

O que é Lockhart e Anaconda

De acordo com Spencer, o nome Xbox Series X vai permitir que a empresa lance novos consoles dentro na mesma família. Embora ainda não esteja confirmado, há especulações de que a geração chegará ao mercado com mais de uma opção de modelo.

Lockhart seria o codinome para a versão menos potente e mais acessível, enquanto Anaconda seria um hardware mais poderoso e mais caro, afirma o site Windows Central, site especializado na cobertura de conteúdos relacionados a Microsoft. Ainda, rumores indicam que o Xbox Series X teria um modelo voltado para mídia digital, como o Xbox One S All-Digital.


Inscreva-se no canal do IGN Brasil no Youtube e visite as nossas páginas no Facebook, Twitter, Instagram e Twitch!

Load More Related Articles
Load More By - redação
Load More In Séries
Comments are closed.

Check Also

Homem é assassinato no Jd. Paviotti, em Monte Mor

A Polícia Civil de Monte Mor (SP) investiga o assassinato de um homem na madrugada desta s…