Por Ana Mano

SÃO PAULO (Reuters) – A BRF avalia que será “matematicamente impossível” manter atuais níveis de produção se fábricas da companhia forem fechadas por causa de casos de coronavírus entre funcionários, afirmou o presidente-executivo da companhia, Lorival Luz, nesta quarta-feira.

Luz afirmou que a produção até agora não foi impactada após o fechamento de algumas fábricas da empresa em Estados como Santa Catarina e Rio Grande do Sul, porque conseguiu compensar com outras unidades em operação.

O executivo comentou ainda que a BRF, dona das marcas Sadia e Perdigão, está contratando 5.000 funcionários, acima dos 2.000 anunciados em abril, para compensar eventuais ausências de trabalhadores em quarentena ou incapacitados por Covid-19.

Load More Related Articles
Load More By - redação
Load More In America
Comments are closed.

Check Also

Prefeitura desmonta lava a jatos clandestinos em Vila Isabel e Campinho, na Zona Norte

Agentes da Prefeitura desmonam lava a jato clandestino. Foto: Divulgação Seop/Prefeitura d…