Paulínia determinou nesta quarta-feira (27), a reabertura gradual de diversos serviços como alimentação, abastecimento, saúde, bancos, limpeza e segurança. As atividades comerciais e de prestação de serviços essenciais estão publicadas no Decreto Municipal 7.814, edição extra 1.497 do Semanário Municipal do dia 26 de maio de 2020.

A ação foi adotada como parte das ações necessárias após decisão do Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus (CPEC), formado para conter o avanço do novo coronavírus no Município.

Mesmo com as restrições, uma série de serviços foi autorizada a funcionar no município, de modo a garantir gradativamente as atividades essenciais aos moradores, empresas e instituições.

Todas as medidas serão constantemente analisadas pelo CPEC, com a possibilidade de regressão em caso de dados adversos. Outras atividades deverão ser liberadas em outras etapas.

Antes de abrir o comércio, o comerciante precisa tomar algumas medidas como: evitar aglomeração de pessoas no acesso e no interior da loja, disponibilizar álcool gel, além de avisos do uso geral obrigatório de máscaras de proteção facial, em espaços públicos, no interior de estabelecimentos, no transporte público de passageiros, entre outros.

O que foi liberado

– Saúde:
hospitais;
clínicas médicas,
clínicas odontológicas,
clínicas de fisioterapia,
clínicas de psicologia,
clínicas de vacinação,
clínicas veterinárias;
farmácias;
óticas;
laboratórios de análises clínicas;
lavanderias e serviços de limpeza e
hotéis.

– Alimentação:
supermercados e congêneres (mercearias, açougues, peixarias, pesqueiros);
estabelecimentos de alimentação de animais,
serviços de entrega (delivery) e “drive thru” de bares, restaurantes, padarias e lojas de conveniência (o consumo no local continua proibido).

– Abastecimento:
transportadoras;
serviços de entrega de mercadorias;
postos de combustíveis e derivados;
distribuidora de água e gás;
oficinas de veículos automotores;
lojas de material de construção;
empresas de locação de veículos e
concessionárias de venda e revenda de veículos automotores.

– Segurança:
serviços de segurança pública e privada.

– Serviços:
oficinas de conserto de eletrodomésticos e eletrônicos;
oficinas de costura,
loja de aviamentos e tecidos;
escritórios de contabilidade,
advocacia,
administração e consultoria;
serviços de barbearia,
cabelereiros e similares;
serviços de massoterapia e podologia;
serviços de jardinagem;
serviços de inspeção veicular;
serviços de despachante;
serviços de lava-jato e limpeza veicular;
borracharia;
serviços de guinchos;
correspondentes bancários.

– Comunicação social:
meios de comunicação social,
inclusive eletrônica,
executada por empresas jornalísticas e de radiodifusão sonora e de sons e imagens,
serviços de call center.

Administração deixa estado de calamidade
A Prefeitura de Paulínia também abandona o estado de calamidade pública e passa a ficar em estado de emergência, mantendo no ar o Portal da Transparência com dados relacionados as despesas para enfrentamento ao coronavírus e a comissão para analise dos contratos.

Load More Related Articles
Load More By - redação
Load More In Paulínia
Comments are closed.

Check Also

Prefeitura distribui cestas básicas para idosos

Serão 8.229 cestas em 3 meses para atendidos nos programas da Secretaria e Envelhecimento …