Home America Preços sobem após mínimas de 13 meses com redução em novos casos de coronavírus

Preços sobem após mínimas de 13 meses com redução em novos casos de coronavírus

4 min read
0
Quer receber as principais notícias do NH TV pelo Facebook Messenger? Inscreva-se agora.

Por Alex Lawler

LONDRES (Reuters) – Os preços do petróleo Brent, referência global, subiam para mais de 54 dólares por barril nesta terça-feira, recuperando-se de mínimas de 13 meses à medida que o número de casos de coronavírus na China desacelerou, aliviando preocupações sobre os impactos da epidemia sobre a demanda por petróleo.

O número de mortos pelo vírus cresceu para mais de 1.000 pessoas nesta terça-feira, mas o número de novos casos confirmados recuou. O surto pode ter um pico em fevereiro e então estabilizar antes de começar a recuar, disse o principal assessor médico do governo chinês sobre o assunto.

O petróleo Brent subia 1,17 dólar, ou 2,2%, a 54,44 dólares por barril, às 12:29 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos avançava 0,85 dólar, ou 1,71%, a 50,42 dólares por barril.

“Parece que já chegamos a um piso para os preços do petróleo”, disse o analista da corretora OANDA, Edward Moya.

“Ainda é muito cedo para estar confiante de que o pico do vírus acontecerá neste mês, mas há um crescente otimismo de que possamos ver o governo chinês retomar algum nível de normalidade para viagens e o comércio fora da província de Hubei.”

Investidores, no entanto, seguem cautelosos com o possível impacto do coronavírus sobre a demanda por petróleo caso ele não seja contido. Há preocupação também com a possibilidade de a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e seus aliados, um grupo conhecido como Opep+, não chegarem a um acordo para medidas adicionais com vistas a apoiar os preços.

“Embora o petróleo esteja se recuperando de novo hoje, a falta de uma ação coordenada da Opep+ significa que preocupações com um excesso de oferta continuarão no comando”, disse o analista do Commerzbank, Eugen Weinberg.

Um painel técnico da Opep+ propôs um corte adicional de produção de 600 mil bpd na semana passada, mas a Rússia adiou seu posicionamento oficial sobre a medida, frustando alguns membros da Opep.

Load More Related Articles
Load More By - redação
Load More In America
Comments are closed.

Check Also

Candyman: Teaser e cartaz do remake são divulgados

Primeiro trailer será revelado na quinta-feira. Imdb Produzido pelo vencedor do Oscar …