PEQUIM (Reuters) – A capital da China, Pequim, está impondo uma autoquarentena de 14 dias a todos aqueles que voltam à cidade, e punirá aqueles que se recusarem a se isolar ou obedecer as regras oficiais para a contenção de um novo coronavírus, disseram autoridades municipais nesta sexta-feira.

As autoridades chinesas estão tendo dificuldades para conter o surto de coronavírus, que já matou mais de 120 pessoa em seu território continental.

O jornal estatal Beijng Daily citou uma notificação do grupo de trabalho de prevenção do vírus de Pequim, que diz: “Daqui em diante, todos aqueles que voltaram a Pequim devem ficar em casa ou se submeter a uma observação grupal durante 14 dias ao chegarem. Aqueles que se recusarem a aceitar uma observação doméstica ou centralizada e outras medidas de prevenção e controle serão responsabilizados de acordo com a lei.”

Qualquer pessoa de regresso à capital terá que submeter seus planos de viagem previamente à sua comunidade, informou a notificação.

Não houve nenhuma menção específica a visitantes estrangeiros chegando de fora da China ou como e se as restrições se aplicarão a eles.

(Por Leng Cheng e Kevin Yao)

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG1D1NQ-BASEIMAGE

Load More Related Articles
Load More By - redação
Load More In America
Comments are closed.

Check Also

Guardas municipais prendem homem flagrado dirigindo embriagado em Copacabana

O caso foi registrado na 12ª DP e o condutor ficou detido A Prefeitura do Rio, por meio do…